O Instituto Brasiliense de Psicodrama (IBP), em comum acordo com a Diretoria da ABP, recomenda a adoção das orientações do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e do Conselho Regional de Psicologia (CRP 01) como princípios para atuação profissional durante o período de risco para aumento do contágio pelo novo coronavírus – Covid-19.

Os psicoterapeutas que estejam apresentando sintomas como tosse, coriza, espirro, dor de garganta, febre, fadiga e/ou falta de ar devem suspender os atendimentos psicoterápicos, independentemente de ocorrerem na sede da ABP ou em consultório particular.

Cientes de que as instalações da ABP são pouco arejadas, mesmo na ausência de sintomas por parte dos psicoterapeutas e pacientes, compreende-se a necessidade de suspensão imediata de todos os atendimentos psicoterápicos realizados na sede que estará fechada pelos próximos 15 dias.

Quanto aos atendimentos realizados fora da ABP, os psicoterapeutas devem seguir as recomendações do Sistema Conselhos de Psicologia. Sugerimos ainda, como alternativa, o atendimento online, conforme orientações do Sistema Conselhos que seguirão abaixo. Por fim, os atendimentos psicoterápicos presenciais não realizados não serão cobrados.

Contamos com a compreensão e colaboração de todos.

Diretoria do IBP (Gestão Cocriação)

ORIENTAÇÕES DO SISTEMA CONSELHOS DE PSICOLOGIA

CFP – “Coronavírus: Comunicado à categoria”

CFP – “Coronavírus: Comunicado sobre atendimento on-line”